O Canadá me Quer

"...A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então, disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim." Isaías 6:8

Onde fica a tecla SAP? sexta-feira, novembro 06, 2009


As vésperas de completarmos 6 meses no Canada, posso confirmar o que toda mãe fala, como é impressionante a velocidade em que uma criança aprende uma segunda língua, ou será uma segunda primeira língua, ou será a língua que vai ser a primeira já que ela é tão pequena.

Quando mudamos pra nossa casa com 10 dias no Canadá, a Lana já conseguiu duas amigas que esperavam ansiosas por ela, era muito engraçado, a Lana falando português e as canadenses filhas de iranianos falando farsi e inglês. Comecei ensinar algumas frases básicas pra Lana por exemplo "Stop, don't do it" essa frase é importante pra uma criança de 3 anos brigar, ops brincar com as outras crianças. Lembro que um dia elas estavam brincando no pula, pula e ouvi a Lana gritando stop e a canadense/iraniana gritando para, just for fun.

No Brasil a Lana sempre assistiu desenhos em inglês, então de começo ela não estranhou a língua, e assistir desenho na tv também nao incomodava. Depois de um mês brincando com as novas amigas e tal ela começou a falar algumas frases, mas com a chegada do verão as amigas viajaram por 2 meses, e senti que a Lana começou a ficar um pouco "travada", menos atrevida que o normal e já não queria ficar sozinha na salinha de crianças quando íamos a igreja (coisa que ela sempre fez, inclusive aqui quando chegamos). Repensei então a historia de não coloca-la na escola e resolvi coloca-la, percebi que ela precisava continuar a aprender inglês, retomar sua independência. Como quero que ela fale português e se possível fale bem, aqui em casa falamos português, então ela teria que aprender inglês com outras pessoas.

Em Setembro as amigas voltaram das ferias, e as aulas começaram 4 horas por semana na escola 30 minutos no ballet, e mais as brincadeiras diárias e eu tomei um baita susto, onde fica a tecla sap dessa menina? Ela voltou a ficar sozinha na salinha da igreja, e se vira super bem, com direito até a pressionar o professor pra ganhar alguma coisa que ela quer kakakakakaka. Na escola já se vira super bem chama os colegas de "guys" e vira e mexe me fala coisas que eu nem sabia que fazia parte do vocabulario dela. Ela fala frases inteiras como "I can do it" (eu consigo fazer isso) e quando consegue fala "I did it" (eu consegui, fiz isso). Outro dia um senhor canadense que nos dá carona para o grupo da igreja perguntou pra ela "Lana, are you a princess? (Lana, vc é uma princesa?) e ela solta um "yes, sure" (sim, óbvio). As vezes ela traduz pra mim o que os outros dizem, a mãe das amigas me fala alguma coisa e ela logo em seguida olha pra mim e fala: A mãe da Nilo falou que .... e não é que realmente foi o que ela disse.

Outra coisa que me chama a atenção é que nem o Leo tem visto como o vocabulário dela é grande, pq geralmente ela solta todo esse vocabulário quando o ambiente é ingles, na escola, no ballet ou com as amiguinhas. Quando estamos entre nós ou com amigos brasileiros ela fala pouquíssimo ou nada em inglês, nao adianta nem pedir. Já quando as amigas estão aqui e o skipe toca ela ja avisa, "Look, my grandma".

Sei que minha luta agora será com o português, eu estou me empenhando, como ela veio pra cá ainda não tinha nem 3 anos o vocabulario dela em português é pequeno. Ela tem aprendido aqui coisas em ingles que ela não sabe em português, eu tento sempre ensinar em português as palavras que ela aprendeu primeiro em inglês, por exemplo: redy, set, go (preparar, apontar, fogo). E falar com ela sempre em português, mesmo quando estamos na escola e ela tá falando comigo em ingles, o que as vezes tem acontecido até aqui em casa.

Estamos pensando em coloca-la quando ela for pra escola pra valer numa escola de imersão no francês, algumas pessoas aqui falam que é uma boa, pois as crianças falam entre si em inglês, e aprendem na escola em francês, vamos ver, temos tempo ainda.

10 comentários:

Neuzinha disse...

Oi Simone,

tem que "cuidar" mesmo é do português,pq aos poucos o inglês se tornará a primeira língua, principalmente pela idade dela.
Parabéns pra Laninha!

Bjim Neuzinha

Dani e CM disse...

Simone
Olha ai a Lana dando show! :-)
Tudo de bom pra vcs

Danielle

Ana Luna disse...

Olá, esse é meu primeiro comentário no blog de vcs!
Venho acompanhado a tempos...
Bem... resolvi escrever pois estou grávida de 5 meses e provavelmente no ano que vem já estaremos de malas prontas e todos os dias fico pensando nessa questão... fico imaginando que nossa Nicole não poderá perder o português pois tem os avós aqui e toda a família!
Dá um aperto no coração, não é?
Mas, adorei a evolução da sua baby!
Para as crianças, seres super adaptáveis, tudo é festa!
Bjs e boa sorte pra vcs!
Aninha

.Daniel.Mariana. disse...

Oi Simone,

Deve ser incrível a sensação de ver os filhos evoluindo assim tão depressa. Uma mistura de orgulho, surpresa, alegria... Muito legal o post!

Beijos,

Daniel

.Mariana.Daniel. disse...

Nossa, incrível mesmo essa velocidade toda! Fico pensando nisso, quando tivermos filhos, como será lidar com o português, mas faço questão que eles saibam falar e se comunicar com a família em português. Vai contando os detalhes dessa jornada que estou muito interessada!!! ;)

Bjs,
Mari

2much-ice disse...

Oi Simone,

Nossa, to emocionada.
Que coisa linda... eu fico imaginando é a vozinha dela falando inglês... aaww que fofo deve ser, né?

Bom, esses dias vi num programa da discovery ( Não me lembro qual o nome agora ) justamente sobre essa questão dos pais ja quererem que os filhos falem 2 línguas e tal... a orientadora dizia que é preferível primeiro deixar ela falar uma língua bem e só depois inserir ela em outra língua. Ela atribuiu isso ao desenvolvimento cerebral e fases da própria cabecinha deles.
Mas eu tb penso em assim que a Chris estiver com uns 6 anos e falando bem o inglês, eu a colocar no francês tb. Inclusive irei junta, hehe.

Bom, parabéns pela Lana. Muito bom né?

Bjs em vcs
Ninha

Temperatura Máxima no Canadá disse...

Oi Si,

Deve estar sendo divertido ver o desenvolvimento dela... Imagino que preocupação não dá dela começar a deixar o português de lado, mas tudo com o tempo se ajeita. Como vc é uma mãe dedicada e preocupa, com certeza vcs encontrarão uma boa saída...

Manda ela nas férias aqui pra casa pra ela me ensinar o inglês????...rsrsrs

Bjão

Rosi

paodequeijocongelado disse...

Olá,

É impressionante a facilidade que as crianças tem que aprender tudo muito rápido! E acho lindo crianças falando em inglês!!
Assim como a Mariana, também ficamos pensando como vamos fazer para que os nossos filhos aprendam também o português. Pode ir contando sua experiência hehehe :)

Bjo
Camila

Sawyer e Kate disse...

MUUUUUUUUUUIIIIIITTTTTTTTOOOOO BACANA...
Deus abençoe vcs...
agora mudados de nome...ok? rs
bjs Sawyer e Kate

lord disse...

Faz transferencia do inglish dela para o meu pq o negocio aqui ta foda =[
Ainda mais pra facudade