O Canadá me Quer

"...A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então, disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim." Isaías 6:8

+ Emprego sábado, outubro 03, 2009


Oi a todos. Como não podia faltar, lá vai eu falar de emprego novamente. O meu emprego está ótimo. Aprendi tanta coisa em 3 semanas que acho que nem em todos os meus anos de trabalho no Brasil aprendi tanto. É marca de carro, modelo, software, corre daqui, corre dali, atende telefone, fala portugues (já atendi clientes só em português), fala espanhol, fala frances (hehehe, brincadeira, só atendi uns franceses e fiquei brincando com a lingua, mas não dá para falar quase nada), aprende quem faz que tipo de serviço em carro, conhece um monte de gente, ambiente de trabalho legal, etc. Eu trabalho muito, mas chego no final do dia tranquilo, não tenho que trazer problemas de trabalho para casa e acima de tudo, estou dormindo muito melhor aqui. Enfim, a experiencia está sendo tão boa que mesmo que eu resolva sair de lá algum dia, a bagagem que estou trazendo não tem valor.
O mais chato é ter que pagar imposto sobre o salário (o famoso imposto de renda). Aqui parte de seu salário é retido na fonte, ainda não sei se quando fizer a declaração de imposto de renda esse dinheiro volta para a minha mão, ou se somente uma parte dele, mas enfim, se você for contratado para ganhar "X", lembre-se, seu salário é "X - impostos". As vezes a gente fica iludido com isso, mas não tem como se iludir, pois na hora que chega o contra cheque, tá lá, descontado direitinho.
Além do imposto, ainda tem um tal e E.I. que seria um seguro desemprego que você paga todo salário, aí se você ficar desempregado e pagou esse E.I. você tem direito a uns 8 meses de um salário proporcional (não sei quanto). Eu conversei com um cara esses dias que tava recebendo $16 por hora do governo para ficar em casa. Ele disse que como tinha pagado esse valor por um bom tempo, resolveu aproveitar e tirar umas férias por conta do governo. Agora que falta 2 meses para acabar, ele vai voltar a procurar emprego.
A diferença do Brasil com aqui em termos de emprego é o seguinte. Você quer trabalhar, tem que procurar, mas é possível achar. Agora no Brasil, procura, procura e não encontra e as vezes quando encontra não vale a pena.
É isso. Mãos à obra pessoal.

7 comentários:

Mariane, Richard e Ricardo disse...

verdade mesmo, tem coisas que não tem preço...voltar para casa e não levar trabalho, nem problemas faz parte da tão comentada qualidade de vida que buscamos quando decidimos morar no Canadá! Parabéns a vcs. família! vcs. estão no caminho certo e tem tudo para conseguirem realizar tudo o que sonharam!abraços, Mari

Ana disse...

A restituição do Imposto de Renda não é total não... dói mesmo ver o quanto que é descontado do salário, mas pelo menos temos os serviços, né... no Brasil tem tanto imposto quanto aqui, mas você ainda precisa pagar plano de saúde, educação, etc. Só pra complementar, a restituição aqui costuma ser boa! ;) Eu achei mais do que era restituída no Brasil.

.Mariana.Daniel. disse...

Oi Leo,

Também não vemos a hora de começar nessa rotina puxada, mas boa e que, definitivamente, vai fazer a gente dormir melhor (mesmo com todo o barulho daqui de downtown). Vc sabe dizer qual a porcentagem do salário que fica retida? É a mesma pra todo mundo ou varia?

Bjs,
Mari

paodequeijocongelado disse...

Olá,

A rotina de trabalho deve ser outra aí né?! E o melhor não levar trabalho para casa! Sonho com isso sempre, principalmente pelo Bruno que trabalha até de madrugada!!!
Ficamos felizes por vocês, por já terem o tão sonhado emprego fora do país. Mas como você disse oportunidades tem muitas, e é isso que anima mais :)

Abraço.

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

É essa qualidade de vida que eu quero, sem stress e chateação.

E a vida segue...

Luciana e Marcelo disse...

Por mais cansativo que seja, acho que vale mais a pena do que trabalhar aqui....
Agora, esse assunto de impostos me assusta porque aqui não vemos isso claramente...rs... depois dá uma idéia do quanto é descontado? Assim ficamos mais preparados quando formos aí..
Abraços,

Luciana

Júlio Pacobahyba disse...

Olha, sinceramente, eu não sei se é devido à alíquota ainda baixa (não ganho mal, mas também não é aquelas maravilhas), mas o valor do IR aqui no Canadá é muito, mas muito menor do que no BRasil. Só o que eu pagava de previdência no Brasil (11% do salário bruto) já é mais do que IR + EI (seguro desemprego) + CPP (previdência) aqui no Canadá!

Isso sem contar que no Brasil, todo o resto (educação, saúde, etc. e etc.) tem que sair (novamente?) do meu pobre bolsinho, enquanto aqui não é assim que a banda toca!

Ótimo post. Parabéns!